Em 23 meses de Day Trade com sua empresa, ele fechou 22 meses no positivo. Fred e a Sociedade dos Traders são provas vivas de que é possível viver do mercado fazendo operações de curto prazo.


Fred e seu início na Bolsa de Valores


Frederico de Carvalho ou Fred para os conhecidos, iniciou na Bolsa de Valores em 2006. Sua expectativa na a época era conseguir somente uma renda extra com o mercado financeiro. Seu primeiro aporte foi de R$ 12.000,00, onde alocou 50% em Petrobras e os outros 50% em Natura.


Day Trade


Na perspectiva do nosso convidado, Day Trade é algo que se inicia através das ações e não dos mercados futuros, como mini índice e mini dólar. Pelo mercado de ações ser um ativo mais fácil de operar, a probabilidade dos traders em se tornarem consistentes no longo prazo é muito maior.


O que é a Sociedade dos Traders?


Sociedade dos Traders é uma Mesa Proprietária localizada em Goiânia. Eles operam Day Trade na Bolsa de Valores brasileira, B3, focam seus trades nas ações da bolsa, uma vertente diferente da que vemos no cenário atual, onde muitos traders buscam os mercados futuros, já iniciando seus trades em um dos mercados mais difíceis da bolsa, que são os derivativos de Índice e Dólar.


Traders sem experiência prévia


Fred conta que muitos de seus traders não tinham nenhuma experiência com Mercado de capitais quando entraram para equipe. A mesa proprietária fornece o capital para as operações, plataformas de forma gratuita, gerenciamento de risco automatizado, treinamento e mentoria para transformar pessoas com formações distintas em traders profissionais.


Nossos hosts, Roberto Indech e André Moraes abordaram diversos outros assuntos com o nosso convidado Fred Carvalho. Vale muito a pena conferir cada segundo desse episódio!


Para conferir a conversa completa ouça o episódio 55 do GainCast e acompanhe todos os detalhes desse bate papo.


Esse episódio descreve muito bem o GAINCAST! Foi um papo de alto nível entre traders experientes e suas estratégias.


Se você esperava que eles fossem falar sobre médias móveis, day trade, swing trade, tamanho de posição, alavancagem e gestão de risco, então sim, você acertou em cheio. Além disso, caronas entre Porto Alegre e Caxias levaram Thiago Bisi não só para a Serra Gaúcha, como para o mercado financeiro.



Início no Mercado


Iniciou no mercado de ações em 2003 e atualmente é analista técnico do Grupo L&S. Com mais de 15 anos de operação e estudos de mercado, Bisi desenvolveu diversas técnicas de Day-Trade e Swing-Trade dentro de uma visão mais clássica e discricionária de análise gráfica. Em 2016 profissionalizou os serviços LSLIVE e FAROL lançando ao mercado sua plataforma de recomendações de ativos nomeada de L&S Análise.


O que é a Estratégia da Ilha?


Era muito comum o mercado abrir com gaps e Bisi criou essa estratégia para que pudesse se aproveitar desses movimentos. Ele aguardava por volta de 4 candles no gráfico de 15 minutos, ou seja, aguardava a primeira hora de mercado. Bisi operava o rompimento dessa acumulação de quatro candles e sempre a favor da direção do gap, caso a distorção (gap) fosse de alta, ele compraria o rompimento da máxima da acumulação, se fosse ao contrário e o mercado abrisse com uma distorção (gap) de baixa, ele venderia no rompimento da acumulação.


Nossos hosts, Roberto Indech e André Moraes abordaram diversos outros assuntos com o nosso convidado Thiago Bisi. Vale muito a pena conferir cada segundo desse episódio!


Para conferir a conversa completa ouça o episódio 20 do GainCast e acompanhe todos os detalhes desse bate papo.


Já trouxemos muitos convidados traders e analistas, muita experiência foi difundida nesses episódios. Assuntos como análise técnica, tape reading e gestão de risco foram abordados de diferentes formas e, na maioria das vezes, o trading foi visto com os olhos das pessoas físicas.


Para o GainCast#19 convidamos o João Braga, ex-gestor de fundos da XP Investimentos e o Cássio Bruno, gestor da Moat Capital, para falar sobre o lado institucional da profissão. Esse episódio está imperdível.




Início da Bolsa de Valores


João Braga iniciou sua trajetória no mercado financeiro em 2000. Desde o seu começo, ele sempre teve a oportunidade de trabalhar em grandes fundos. Startou sua carreira como analista na GP Investimentos. A partir de 2005, foi analista, sócio e gestor da Credit Suisse Hedging-Griffo, onde acumulou a função de gestor dos fundos Long Only e Long Bias, que alcançaram aproximadamente R$2 bi em patrimônio. Integrou o time da XP Investimentos de 2015 até 2020, quando saiu para abrir sua própria gestora.


Cássio faz gestão de fundos há 17 anos. Começou em uma tesouraria gerindo o dinheiro do banco Votorantim. Já fez arbitragem, operações Brasil e fora também, atuando em mercados internacionais, migrou para a área de Asset Management, passou por diversas empresas nesse seguimento, até que decidiu montar sua própria gestora.


Os institucionais apagam seus rastros para não serem percebidos


Cássio comenta que movimentar grandes posições no mercado é difícil, visto que eles acabam interferindo no preço dos ativos. Mesmo que momentaneamente, é o suficiente para que outros big players percebam suas atuações e utilizem diversas artimanhas para tentar se esconder de outros players gigantes.


Entre essas estratégias, eles operam por várias corretoras. Um dia compram e no outro vendem, para esconder qual é o lado que estão operando, se é comprando para o longo prazo ou vendendo e se desfazendo de alguma posição.


Como lidar com a gestão do capital de terceiros


Para João Braga, o fenômeno da transparência ajuda muito a lidar com essa gestão do capital de terceiros, algo que não acontecia nos velhos anos de mercado, mas que hoje é muito presente no dia a dia dos profissionais. Anteriormente, a preocupação de Braga era somente a diversificação. Hoje com a política de plataformas abertas, esse modelo permite que outros fundos de investimentos possam ser vendidos pela XP Investimentos e os fundos da XP também possam ser vendidos em outras casas, tornando o negócio mais transparente e estimulando a concorrência.


Nossos hosts, Roberto Indech e André Moraes abordaram diversos outros assuntos com o nossos convidados João Braga e Cássio Bruno. Vale muito a pena conferir cada segundo desse episódio!


Para conferir a conversa completa ouça o episódio 19 do GainCast e acompanhe todos os detalhes desse bate papo.

toda segunda novos episódios